Paris em Lisboa
— desde 1888 —

Loja emblemática, hoje e sempre, o 'PARIS EM LISBOA' é um ícone do comércio da capital. Abre com grande pompa em 1888 na Rua Garrett 77, o 'PARIS EM LISBOA'. Fazendas, sedas e bordados, chegam à clientela chique de Lisboa, vindas da capital da moda, Paris. Poucos anos após a sua abertura, a Rainha D. Amélia honra o 'PARIS EM LISBOA' em 1902, concedendo-lhe a mercê de 'Fornecedores de Sua Real Casa'.

Nos seus ateliers confeccionam-se muitos dos fatos mais elegantes que vestem a nossa sociedade de então.Os anos 30 do século XX trazem uma mudança de hábitos de consumo, obrigando a uma transformação no comércio. Foram nessa altura criadas as secções de perfumaria, meias e dos artigos de casa. Os tecidos são agora os reis das vendas. Lãs, sedas e algodões passam dos balcões da loja para inúmeros ateliers de costura. A perfumaria instala-se em lugar nobre da loja e vende perfumes e outros artigos de beleza. As meias chamadas de vidro, fazem também a sua aparição com enorme sucesso.

Assistimos à Segunda Guerra Mundial com a vinda de figuras de relevo das sociedades europeias que nos visitam e são clientes do 'PARIS EM LISBOA'. As décadas de 50, 60 e 70 são época de grande prosperidade e de contínuos melhoramentos. A oferta é como sempre de enorme qualidade e variedade. É inaugurada a secção de malhas e pronto-a-vestir, inéditas até então.

Com a Revolução de 1974, novos hábitos de vida e consumo aparecem. Já com os artigos de vestuário confeccionados que fazem parte da oferta do «PARIS EM LISBOA», remodela-se a secção de roupas de casa, que ocupará toda a loja nos anos seguintes, com o fim da venda dos tecidos a metro para vestuário.

Data de 2006 a última grande alteração que alargou esta mesma secção pelos três pisos existentes. Roupa de cama, de mesa e de banho são hoje expostas nos 3 pisos da loja. Como há 130 anos, o 'PARIS EM LISBOA' dos nossos dias continua a merecer a preferência de clientes nacionais e estrangeiros.  
Paris em Lisboa

 

2018-06-07T09:51:20+00:00